• Magiic

Processos automáticos. Como definir o que deve (ou não) ser automatizado em sua empresa.

Atualizado: 1 de mar.

Quando a gente fala que alguma coisa entrou em "piloto automático" normalmente estamos nos referindo a uma operação ou sistema que já sofreu uma curva de aprendizagem, passou por melhorias e alcançou um estado em que, senão todas, mas a maioria das situações foram previstas e esse sistema ou ação se torna autônoma, ou seja, sem a necessidade de intervenção operacional ou presença de gargalos.


Desta forma, podemos dizer que, um processo que entra no piloto automático é também um processo autônomo, ou seja, ele consegue evoluir e desenvolver a sua tarefa sozinho.


Você consegue dizer que em sua empresa existem processos em "piloto automático"?


Mas veja bem, quando falamos de autonomia de processos, estamos nos referenciando à autonomia de execução e não autonomia de elaboração ou definição de objetivos.


Muitos procuram automatizar processos, mas na verdade querem buscar sistemas ou automações que decidam pelo caminho a seguir, e ao meu ver isso não parece certo.


Autonomia na definição de objetivos ou na organização da direção da empresa geralmente é de exclusiva responsabilidade do gestor, ou do grupo de gestores da empresa. A autonomia de processos devem servir ao plano elaborado pelo gestão da empresa. São ferramentas que facilitam a conquista de determinados objetivos, objetivos estes, traçados pelos gestores.


É do gestor, ou dono da empresa, que deve ter a direção de todo processo. O gestor que terceiriza a sua tomada de decisão corre o risco de não saber para onde a sua empresa está rumando.


Como então saber que parte do processo devemos buscar o piloto automático ou automação em que parte do processo nos cabe manter operacional em nossas mãos.


Para ficar mais fácil de entender vou fazer aqui uma analogia com os carros autônomos que hoje em dia estão ficando cada vez mais populares


O carro autônomo transforma o processo operacional que é: trocar marchas; fazer curvas mudar de faixas, evitar algum tipo de colisão etc. É colocado um sistema para gerenciar todo esse processo e executá-lo de forma, inclusive, mais competente que os seres humanos.


Mas, mesmo em um carro autônomo, o que o carro possui o poder, ou mesmo a vontade de decidir para onde ele vai sem algum tipo de imput. O carro autônomo é muito bom para escolher a melhor rota, evitar problemas durante o trajeto, ser o mais econômico e seguro possível, mas mas não cabe o carro o ato de querer ir.


O carro autônomo, assim como a maioria das máquinas e de sistemas, executam o que foi programado afim de se chegar ao objetivo por seu operador escolhido. Cabe ao motorista do carro decidir o destino. Seja para visitar alguém que ele gosta, para fazer uma viagem, para ir às compras, para ir ao médico, não importa, o motorista é quem decide a direção e o destino da viagem. Cabe ao carro autônomo percorrer e executar aquele destino de forma mais competente possível.


Voltando a falar de sua empresa, hoje em dia existem cada vez mais sistemas e ferramentas que ajudam você no que seria o caminho da sua viagem. O que chamamos de trajeto, lá no exemplo do carro autônomo, aqui na sua empresa nós chamamos de operacional.


Quando a gente se referencia uma empresa autônoma, estamos falando sobre o processo operacional. Mas assim como no carro autônomo, o motorista é quem determina o destino na sua empresa. Quem determina o objetivo da viagem tem que ser você!


Use a tecnologia para gerar cada vez mais autonomia dentro da sua empresa, mas entenda que essa autonomia está nos processo. Organize seus processos e torne-se cada vez mais profissional. Sempre que necessário, busque sistemas que tornem cada vez o seu processo mais autônomo e confiável. Fazendo de maneira adequada, o seu processo autônomo vai liberar tempo para você agir no que interessa, no que de verdade você faz diferença, que é determinar o destino da sua viagem, ou melhor, determinar o destino da sua empresa.


Ao escolher uma tecnologia, um sistema ou um aplicativo a ser introduzido na sua operação, saiba exatamente que problema que ele está resolvendo. Entenda claramente como ele vai te ajudar a chegar no destino que você planeja para sua empresa.


Assim como um carro autônomo, pouco importa a tecnologia envolvida se você não sabe onde você quer chegar.


Pouco importa a ferramenta que você tá instalando ou a integração que você está fazendo se não estiver claro qual o problema que você quer resolver e qual o impacto que a resolução deste problema pode trazer a sua operação.


Na hora de contratar um sistema de gestão de estoque, por exemplo, esse sistema deve ser competente o suficiente para colocar em prática toda a sua estratégia. Esta estratégia pode ser "quantos dias estoque você deseja ter". E esse é um ótimo exemplo! Não é o sistema quem determina, mas sim sua estratégia. Já o sistema, deve ser competente para colocar esta estratégia em prática.


Neste mesmo exemplo, se um sistema de gerenciamento de estoque determinar quantos dias de estoque você deve ter, é o mesmo que um carro autônomo dizer qual o endereço que você tem que chegar.


O mesmo acontece com sistemas que apresentam inúmeras tabelas e relatórios que não são práticos. É como se um carro autônomo falasse pra você dirigir até o destino.: "Olha aí no painel e se vira".


Assim como o carro autônomo vai escolher o melhor caminho, o seu sistema de gestão de estoque, por exemplo, vai escolher a melhor forma, a melhor data e a melhor quantidade para se comprar determinados produtos. Assim chegaremos ao destino final que, neste caso, é quantos dias estoque você deseja ter.

Temos cada vez mais ofertas de sistemas que te ajudam nessa autonomia. Escolhendo bons sistemas para sua operação, você poderá focar toda sua energia, sabedoria e conhecimento na decisão estratégica do destino de sua empresa.


Desejo a você então, conhecimento e sabedoria para determinar qual o destino que você quer para sua empresa e que também você tenha em mãos sistemas que garantam, de forma autônoma, que você chegue ao seu destino de forma eficiente e segura.


Você está no comando!


Um grande abraço e boas vendas.


36 visualizações0 comentário